Intradermoterapia, mesoterapia ou aplicação de enzimas.

O que é intradermoterapia?



A intradermoterapia ou mesoterapia também conhecida popularmente como aplicação de enzimas, é um procedimento estético no qual uma mistura de substâncias denominada mescla, é injetada na pele ou no tecido subcutâneo, essa técnica foi desenvolvida pelo médico francês Pistor no final da década de 1950, e tem como característica principal a aplicação de pequenas quantidades da mescla em vários pontos, diretamente no local a ser tratado, com isso, o efeito do tratamento é potencializado, e a possibilidade de efeitos colaterais é reduzida.


Quais são as indicações da intradermoterapia?


Essa técnica pode ser utilizada em homens e mulheres para diversos tratamentos estéticos, gordura localizada, celulite, flacidez, e estrias estão entre as indicações corporais, no caso da estética facial, a mesoterapia pode revitalizar a pele, clarear manchas, amenizar rugas e linhas de expressão, existe também a intradermoterapia capilar que visa estimular o crescimento dos cabelos em pessoas que apresentam calvície.


Quais são as contra indicações?


A intradermoterapia assim como qualquer outro tratamento estético possui algumas restrições: Pessoas com doenças crônicas, cardíacos, mulheres grávidas ou que estejam amamentando, pessoas com doenças de pele nos locais de aplicação, além daquelas que são alérgicas às substancias que compõem a mescla a ser aplicada.


Como é realizada a sessão de intradermoterapia?



A aplicação é feita por meio de seringas de 5 ou 10ml e agulhas extremamente finas,

dependendo do tipo de tratamento a ser realizado, a mescla de substâncias é injetada na pele ou no tecido subcutâneo, que fica logo abaixo, as substâncias também podem ser injetadas com o auxílio de uma pistola especifica para mesoterapia, ela reduz a sensação de inserção das agulhas e regula com precisão a profundidade de penetração da mesma, tornando a procedimento mais agradável, o uso da pistola também garante que a quantidade da mescla depositada em cada ponto seja exatamente igual.




Quantas sessões eu preciso fazer?


O número total de sessões pode variar de acordo com o tipo de tratamento, e com outros fatores individuais de cada pessoa, por exemplo, a realização de atividade física, o tipo de alimentação, e o nível de exposição ao sol,cada tratamento e cada cliente tem as suas particularidades. Na primeira sessão é realizada uma criteriosa avaliação, e a pessoa recebe todas as orientações relacionadas ao seu tratamento, a aplicação da mescla leva em torno de 20 minutos, e de maneira geral as sessões são realizadas uma vez por semana, os resultados começam a ser notados por volta da quinta sessão, e a manutenção destes depende dos hábitos diários de cada cliente.


Quais são as substâncias utilizadas na intradermoterapia?


Todas as substâncias utilizadas na intradermoterapia são fármacos com eficácia comprovada por pesquisas cientificas, produzidos em laboratórios certificados pela Agência nacional de vigilância sanitária (ANVISA), a compra dessas substâncias só pode ser feita por profissionais da área da saúde autorizados a realizar a esse procedimento, é necessário que o profissional faça um cadastro no laboratório apresentando toda a sua documentação, a compra só é permitida após a análise desses documentos. A escolha dos fármacos a serem aplicados é feita pelo profissional de acordo com o tipo de tratamento, existem diversas categorias substâncias, as lipolíticas são responsáveis por quebrar nódulos de gordura, outras tem ação vasodilatadora melhorando a circulação no local da aplicação, muitas são minerais e vitaminas, nutrientes essenciais para a saúde da pele e do tecido subcutâneo, também é possível repor componentes naturais desses tecidos que são perdidos ao longo dos anos como é caso do ácido hialurônico, enfim, a seleção das substâncias depende da queixa do cliente, e dos conhecimentos de quem irá realizar o procedimento.


Quem pode aplicar intradermoterapia?


Existem vários profissionais da área da saúde que são autorizados por seus respectivos conselhos a realizar esse procedimento, o Biomédico com pós graduação em biomedicina estética é um deles, durante os anos da graduação estuda disciplinas como citologia, embriologia, biofísica, bioquímica, anatomia, fisiologia, microbiologia, farmacologia e muitas outras, na pós graduação em biomedicina estética aprende a realizar vários procedimentos estéticos inclusive a intradermoterapia, estuda cuidadosamente cada uma das substâncias utilizadas nesse procedimento, suas indicações e restrições, portanto o biomédico habilitado em estética é um profissional perfeitamente qualificado para realizar esse tipo de tratamento com toda a segurança e eficiência.


Deseja mais informações sobre o assunto ?


Entre em contato conosco, estaremos à disposição para esclarecer suas dúvidas.